O manual do síndico de sucesso

Com nosso manual do síndico você verá, a seguir, 5 dicas para que sua gestão seja um sucesso.

Por Grupo Yamam
1 de dezembro de 2017
3 min. de leitura

Toda profissão requer dedicação e responsabilidades, e para ser síndico não é diferente, é preciso ser organizado e capaz de administrar várias atividades para que a administração e a vida no condomínio sejam tranquilas e sem percalços.

Cabe ao síndico cuidar das regras do condomínio e orientar os moradores para que as normas sejam cumpridas. Além disso, é necessário pensar em inovações para áreas comuns, melhorias e soluções para problemas já existentes.

A tarefa parece muito complexa, mas com nosso manual do síndico você verá, a seguir, 5 dicas para que sua gestão seja um sucesso.

  1. Seja organizado

Um síndico precisa lidar com uma quantidade enorme de documentos, A função exige o controle de diversos documentos, planilhas, prestação de contas e pagamentos.

Portanto, para manter tudo em dia e em ordem, é preciso ser organizado e ter habilidade para lidar com a burocracia.

É também responsabilidade do síndico administrar o dinheiro comum. Assim, é importantíssimo planejar para saber exatamente como o orçamento está sendo gasto e depois poder prestar contas corretamente. Tenha o hábito de criar planilhas no computador para ter as informações ordenadas e sempre à mão.

A função exige o controle de diversos documentos, planilhas, prestação de contas e pagamentos.

  1. Preze por uma boa comunicação

Não adianta ser somente organizado e eficaz, é preciso comunicar de forma clara tudo que está sendo feito e como o dinheiro está sendo gasto. Vale afixar recados nas áreas comuns ou, se você quiser ser criativo, criar um jornal do condomínio. Certamente muitos moradores gostarão dessa ideia.

Uma das questões mais desafiadoras de um condomínio é administrar a convivência e lidar com as saias justas entre os moradores. Assim, é importante manter um bom relacionamento com todas as pessoas e lidar com conflitos com cuidado, sem tomar partido ou ser autoritário. A comunicação é o melhor caminho para uma gestão participativa e efetiva.

  1. Seja Pró-ativo e atento as demandas do condomínio

Atender as necessidades e demandas antes mesmo dos moradores reclamarem — é uma característica do bom síndico, estar sempre disposto e a cumprir suas funções de forma diligente é fundamental para a profissão.

  1. Relacione-se bem com os moradores

Alguns condomínios são formados por milhares de pessoas e para administrar e conviver com esse grande público é preciso ter muito jogo de cintura. Dessa forma, saber se relacionar bem com as pessoas torna-se imprescindível, tendo em vista que onde há uma grande concentração de pessoas, há conflitos e é necessário conseguir lidar com todos com muita maestria e cuidado.

  1. Esteja atento à manutenção do local

Ninguém gosta de conviver em um local que seja malcuidado e sem conservação. Por isso, um bom síndico ficará atento à manutenção do condomínio com relação aos jardins, elevadores, quadras e todas as áreas comuns, que precisam constantemente de limpeza e reparo para funcionar perfeitamente. Ter sempre uma equipe capacitada como aliada é o ideal, a contratação de uma empresa terceirizada nesse caso é a melhor opção, além de reduzir custos, otimiza o tempo.

Muitas pessoas acreditam que o trabalho do síndico é muito difícil, porém, com o nosso manual do síndico você viu que é uma tarefa possível. Organização, união entre os moradores e uma boa comunicação podem garantir uma gestão que trará muito bem-estar para todos!

Não perca nenhum conteúdo!

Assine nosso blog e receba novos posts em seu email.

form